17 abr

Jesus Negão no Gordo Freak Show

Em Abril de 2005, fomos convidados a participar do programa Gordo Freak Show, na MTV, uma espécie de concurso de talentos freak.

No dia da gravação, ainda nos camarins, descobrimos que éramos os famosos mais desconhecidos do Brasil. Um jovem que iria participar do programa bebendo Fanta Uva pelas narinas, nos perguntou o que a gente tocava. Dissemos que iríamos tocar uma paródia de rap, chamada Jesus Negão e completamos “não sei se você conhece”. A resposta foi num tom de casualidade: “Claro, lá na faculdade todo mundo escuta.”

Enfim, fizemos nossa inusitada participação não apenas para divulgar a banda, mas para mostrar que a música era nossa e não do Hermes e Renato, como muita gente ainda pensa hoje.Felizmente, fomos declassificados. Seria horrível ter que repetir a dose.

14 fev

Jesus Negão vai à escola

A decadência do sistema educacional brasileiro agora é irreversível: fomos contatados por uma editora de livros didáticos (sério!) que pediu permissão para reproduzir a letra de Jesus Negão. O exercício que aparecerá no livro segue abaixo:

“(…) Uma das autoras do livro recebeu a canção por e-mail e a escutou enquanto trabalhava em seu computador. A adulta julgou a letra muito sofisticada e estava se divertindo muito, quando notou que a filha de nove anos ria ainda mais no cômodo ao lado. Achando bastante difícil que a criança estivesse “lendo” a sutileza da canção, a mãe solicitou sua presença e perguntou: “Como os caras fizeram para esta letra ficar engraçada?”. Visando a atender ao pedido de sua mãe, a criança solicitou que fosse impressa uma cópia da letra da canção. Com o papel em mãos, a menina retirou-se por alguns momentos aos seus aposentos e retornou com as seguintes anotações feitas no verso da folha:

Leia mais